Ativos de rede óptica da Redex garantem máxima qualidade de conexão na ponta

Ativos de rede óptica da Redex garantem máxima qualidade de conexão na ponta

Equipamentos da linha Phyhome ganham popularidade entre os provedores regionais brasileiros após serem largamente atestados e utilizados em países europeus, norte-americanos e asiáticos.

Os avanços de conectividade proporcionados pelas redes de fibra óptica precisam de ativos à altura para garantir a melhor experiência no ponto de acesso do usuário (FTTx). A Redex Telecomunicações sabe disso e também conhece a realidade dos provedores brasileiros, motivo pelo qual distribui oficialmente a linha de ativos de rede passiva da Phyhome. Dos terminais de linha óptica (OLTs) e módulos ópticos (transceivers) até as unidades de redes ópticas (ONUs), os equipamentos atendem aos mais altos padrões de exigências do mundo e por isso são largamente atestados e utilizados por operadoras da Ásia, Europa e América do Norte.

No Brasil, a linha Phyhome também está se popularizando, e não é por menos: os OLTs da marca foram projetados para instalação em racks padrão, de 19 polegadas, o que os habilita a atender diversas arquiteturas de rede passiva. Com o OLT mais potente da linha (Redex GPON FHL208Os), operadores e provedores regionais podem adicionar até 8 portas GPON, 8 portas ópticas Gigabit de up link e 8 portas metálicas Gigabit. Esse equipamento ainda permite adicionar slot de expansão (soquete), para agregar mais 2 portas ópticas 10GE SFP+.

Com essa configuração, a OLT top de linha da Redex suporta o atendimento de até 1024 assinantes, oferecendo ampla capacidade de banda para upload e download de voz, dados ou vídeos (triple play), mesmo quando combinados com equipamentos de outros fabricantes e, melhor ainda,

quando usa os moduladores (transceivers) e unidades de redes ópticas (ONUs) da própria Phyhome.

Módulos ópticos complementam com robustez e facilidades de instalação

Para garantir as amplas funcionalidades das OLTs, a Redex comercializa módulos ópticos (transeivers) da Phyhome, que atendem tanto redes simétricas como assimétricas (EPON e GPON). Esses dispositivos têm entrada GBIC e SFP, no caso das redes GPON, e oferecem alto desempenho quando estão plugados às OLTs da Phyhome ou quando complementam equipamentos de outros fabricantes.

Os módulos ópticos foram construídos com arquitetura simples e robusta e são de encaixe rápido (plug and play), justamente para não criar qualquer dificuldade aos profissionais de instalação e manutenção de redes.

Interfaces perfeitas: ONUs garantem a qualidade da conexão indoor

Para as redes ópticas passivas de qualquer característica (GPON ou EPON), a Redex disponibiliza unidades de redes ópticas (ONUs) e para promover a máxima qualidade de conexão no cliente final, seja ele residência ou empresa. Esses equipamentos se adaptam a ativos de rede já presentes na rede, oferecendo taxas de downstrean de 2,5 Gbs e upstrean de 1,25Gbs, mesmo quando instalados em distâncias de até 20 Km.

Compartilhe:

Outros artigos

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments