Conexões protegidas garantem o desempenho dos cabeamentos ópticos

Conexões protegidas garantem o desempenho dos cabeamentos ópticos

Acessório da Redex veda as conexões em terminações ópticas, resguardando-as de água, raios ultravioletas, poeiras e outros tipos de interferências, como as causadas por pássaros e roedores.

As redes FTTx (fibra óptica até o ponto de uso) escondem particularidades determinantes para a qualidade da conexão final. E não estamos tratando apenas da escolha correta do tipo de cabeamento e dos seus ativos, como ONUs e OLTs. Afinal, de nada adianta escolhê-los devidamente se os passivos, como emendas e conexões, estiverem inadequados, causando perdas na transmissão do sinal óptico ao longo do percurso.

Os cabeamentos de fibra óptica, principalmente os do tipo Drop – responsáveis por levar a conexão até o ponto de acesso do usuário – costumam ser sensíveis a curvaturas exageradas e a outros tipos de interferências. Entenda como interferências a poeira, água da chuva, contato de animais como roedores e pássaros, além da exposição a raios ultravioletas.

Em campo, ou seja, fora da casa ou do comércio do cliente, esse tipo de exposição é maior, deixando os conectores, principalmente nas terminações ópticas, mais vulneráveis. É para esse problema que a Redex criou solução dedicada a proteger os conectores de campo tipo FAC nas terminações ópticas.

Fabricado em PVC, o Protetor para Conector Óptico de Campo da Redex (PCOC) é compatível com todos os tipos de conectores FAC homologados pela Anatel, e é aplicado de forma prática, sem necessidade de ferramentas adicionais. Ele protege as conexões das interferências relatadas acima, além de garantir carga mínima de 80N (drop externo) e 40N (drop interno) por meio de seu sistema de retenção mecânica.

Compartilhe:

Outros artigos

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments